Canções em francês sobre vampiros, robôs e idiotas pela voz de um sueco estavam claramente em falta no panorama musical, mas Mårten Lärka está aqui para colmatar essa falha imperdoável com o seu quarto álbum, Alouette, com data de lançamento marcada para 16 de Abril. E basta ouvir os singles acabados de sair do forno ou os trabalhos anteriores do artista sueco para marcar a efeméride na agenda.

O som é lo-fi, uma mélange de foxtrot-punk, blues, pop, música experimental e rock, ao passo que o espírito é uma clara celebração da individualidade, da estranheza e da doce liberdade de sermos nós mesmos, bem expressa nas letras em francês do colaborador do artista, Hamid Khodja. Uma experiência sonora original e bem-disposta, boa para sair da zona de conforto e entrar num mundo de sons crus e revivalistas que não perdem em frescura e novidade, como se pode ouvir nos singles “Robot” ou “Belle Quatrelle”.

Aconselha-se um saltinho a Paris, Suécia, no Soundcloud do artista para aguçar o apetite para Alouette.