Chelsea Wolfe, Metz, Daughters e mais uma série de gente reuniu-se em torno da obra de Lux Interior e Poison Ivy, a espinhal dorsal dos Cramps, banda seminal da cena psych e rockabilly. A editora Three One G tem um disco de tributo aos californianos programado para dia 01 de Maio e já começou a deixar escapar algumas das versões que farão parte do alinhamento de Really Bad Music For Really Bad People: The Cramps as Heard Through the Meat Grinder of Three One G.

A primeira maradice coube a ser montada pelos Metz e foi partilhada já no final de Fevereiro, sendo agora a insanidade prolongada pelas cordas vocais do mais do que graduado – no que diz respeito a insanidade – Mike Patton dos Faith No More, Fantomas, Mr Bungle e dos tetema, que estão de regresso com disco programado para Abril. A versão de Patton é feita com os Zeus! e o tema escolhido foi “Human Fly”, single de 1978.

Alinhamento completo depois das versões de Mike Patton com os Zeus! e dos Metz e link para a pré-compra no artwork do disco.

Really Bad Music For Really Bad People

01. Child Bite “TV Set”
02. Metz “Call of the Wighat”
03. Secret Fun Club feat. Carrie Gillespie Feller “I Was a Teenage Werewolf”
04. Chelsea Wolfe “Sheena’s in a Goth Gang”
05. Sonido de la Frontera “Zombie Dance”
06. Qui “New Kind of Kick”
07. Zeus! feat. Mike Patton “Human Fly”
08. Retox “Garbageman”
09. Magic Witch Cookbox “People Ain’t No Good”
10. Microwaves “Don’t Eat Stuff Off the Sidewalk”
11. Daughters “What’s Inside a Girl”
12. Panicker “I’m Cramped”

Cramps

Really Bad Music For Really Bad People: The Cramps as Heard Through the Meat Grinder of Three One G