Dos ventos nórdicos da Finlândia sopra a essência do inconfundível Mikko Joensuu. A alma deste rapaz ganha contorno próprio e vagueia pelas florestas e rios gélidos à busca de algo palpável que a complemente. Desta feita, nasce a ânsia em produzir e editar três trilogias de álbuns.

No auge da Primavera passada, foi concebido e procriado Amen 1, o seu “filho” primogénito. Este álbum, dotado de uma carga emocional forte, personifica a jornada solitária e depressiva vivenciada por Mikko. “Amen”, suplica ele. A busca por Deus é incansável: será que a veracidade da sua existência é aceitável? “Não”, afirma ele. O cantor perde toda a sua fé, cantando narrativas etéreas e de suplicação ao mais alto dos céus. A sonoridade de invólucro folk prende-se com a voz melancólica e coesa, capaz de nos transportar para uma atmosfera meramente intimista, onde estamos frente-a-frente com os nossos medos e sonhos perdidos.

Mikko Joensuu Amen's Cover

Mikko Joensuu Amen’s Cover

O vento gélido contínua a soprar e consigo nasce Amen 2. A longa caminhada percorrida durante a sua viagem espiritual sofre uma metamorfose inigualável que acompanha a composição de todo o álbum. Pode-se afirmar que este deixou o casulo que o privava de viver e sonhar para renascer borboleta. A sonoridade melancólica das guitarras é levada na corrente do vento para dar lugar a melodias exuberantes e com uma pitada de alacridade, onde no fundo dos rios se pode perceber e escutar a essência dos sintetizadores que acompanham a foz de todas as faixas. Bandas de renome como My Bloody Valentine e Spiritualized foram a grande fonte de inspiração desde a nascente da imaginação até à foz da produção audível de cada melodia.

Do seu segundo “filho” abrupta já o primeiro single. A narrativa que dá música e voz a “There Used To Be A Darkness” guia-nos visualmente para uma áurea de esperança, onde a chama de viver se acende e o amor que antes pensávamos não existir mais para preencher o vazio do nosso peito volta, com mais força, a palpitar desde as veias até ao centro do nosso corpo. Há uma poderosa harmonia que liga os instrumentos à voz hipnotizante e esperançosa de Mikko, capaz de nos levar pela mão até aos recantos mais oblíquos da nossa essência. A fé e o amor renascem para completar a metade abandonada dentro das cavernas mais obscuras do ser humano.

Esqueçam as mantinhas e os agasalhos, Dezembro será um mês mais caloroso e repleto de amor com o lançamento do segundo álbum Amen 2, com o qual iremos fantasiar a partir do dia 09 de Dezembro.