Que a arte se cruza e entrelaça nas suas várias formas e vertentes criando experiências únicas e muitas vezes irrepetíveis, não é novidade para ninguém. Especialmente, quando o que resulta da osmose entre duas manifestações artísticas é um produto que, ainda que consumível apenas por breves instantes, cunha uma memória que tarda em dissipar-se. Abençoadas as gravações e todos os dispositivos que nos permitem reviver em loop esses momentos.

Thom York e Jonny Greenwood não são estrangeiros aos compêndios de exemplos que revelam a arte, em sentido lato e em várias correntes, fundida num círculo único, e não negaram a oportunidade de musicar um desfile na capital mundial da moda. Um desfile no âmbito da Paris Fashion Week que visava apresentar a mais recente colecção da marca Undercover do japonês Jun Takahashi.

Intitulado “Bloom (Creatures Mix for Jun Takahashi)”, o tema estende-se ao longo de cerca de 16 minutos, tempo mergulhado em brilhos electrónicos rematados a piano que se vão gradualmente adensando numa esfera grave e soturna e que parecem incluir partes de vários temas já sobejamente conhecidos dos Radiohead, como é o caso de “Spectre”, tema de A Moon Shaped Pool de 2016 – que esteve para ser parte da banda sonora do filme da série James Bond com o mesmo nome -, “Glass Eyes” do mesmo disco, “Bloom” de The King Of Limbs de 2011, a juntar a “Motion Picture Soundtrack” e a “Everything In Its Right Place”, ambas de Kid A de 2000. E se calhar não é tudo… descubram no vídeo aqui em baixo.