Tido como uma aventura e uma busca alimentada pelo desejo de conexão com o mundo e comunidades de músicos distantes, os Mumford & Sons partiram em busca da África ainda culturalmente pura que tanta inspiração envia aos continentes ditos evoluídos. O primeiro de todos os frutos foi Johannesburg, o disco resultado das colaborações com Baaba Maal, The Very Best e Beatenberg, editado a 17 de Junho de 2016.

Sem grandes expectativas ou metas, a banda marcou uma pequena tour pela África do Sul. 5000 bilhetes colocados à disposição do público, 5000 bilhetes vendidos num ápice. E assim se lançam numa jornada em frente a cerca de 85 sul-africanos, uma legião fiel de fãs que aguardava há muito pela banda britânica. O resultado foi mais que uma simples experiência ao vivo, mais uma experiência de vida e para a vida de Marcus Mumford, Ted Dwane, Ben Lovett e Winston Marshall e dos convidados de Johannesburg que se juntaram à celebração.

O realizador Dick Carruthers tomou em mãos a captura em filme de uma noite em Pretória no Monument Amphitheatre que é agora lançada no próximo dia 08 de Novembro em várias salas espalhadas um pouco por todo o mundo. Parece que a lusofonia fica de fora mas podem descobrir aqui todas as salas em que Live From South Africa: Dust And Thunder vai ser exibido.

Para já, temos o trailer e “There Will Be Time” ao vivo com Baaba Maal.