Muito à semelhança do que aconteceu em 2016 com a exibição de One More Time With Feeling, de Nick Cave, que documentava o processo de gravação do álbum Skeleton Key, editado no mesmo ano, numa película que estreava numa data única e no mesmo dia em várias cidades do mundo, os Muse estreiam nos cinemas um filme que incide sobre a Drones World Tour, digressão que levou os britânicos aos quatro cantos do mundo num período de quase um ano e meio, entre 2015 e 2016, num total de 132 datas.

A digressão que trouxe a banda de Matt Bellamy duas vezes a Lisboa no âmbito da promoção de Drones, o sétimo álbum dos Muse – a primeira em 2015, ao palco principal do NOS Alive, e no ano seguinte à MEO Arena, bem como duas vezes em 2015 ao Brasil com datas no Rio de Janeiro e em São Paulo -, é assim levada agora para o palco da sétima arte, em que através do grande ecrã irá revelar imagens recolhidas em várias datas e que ao longo de 90 minutos irão percorrer toda a carreira dos britânicos com recurso a efeitos especiais inéditos.

Da lista de temas que poderão ser visionados, constam “Psycho”, “Madness”, “Uprising”, “Plug In Baby”, “Supermassive Black Hole” e “Knights of Cydonia”, cujo excerto pode ser visto em baixo. Em entrevista ao The Independent, Bellamy confessa,

The Drones show reflects the mood and story of the album, we played for the first time in the round, and wanted a show that was stark and spectacular featuring cutting-edge autonomous drone technology.

Drones World Tour estreia-se às 21h30 do dia 12 de julho, data única que irá contemplar, em Portugal, os cinemas UCI do Dolce Vita Tejo, na Amadora, do El Corte Inglés, em Lisboa e Arrábida 20, em Vila Nova de Gaila. No Brasil, a Drones World Tour chegará a várias cidades, uma lista de cinemas que poderá ser consultada no site oficial do filme, onde podem também adquirir as entradas. A banda actuou novamente em Portugal no sábado passado como parte do cartaz do Rock In Rio, em Lisboa.

Lê também: O discreto charme da burguesia revolucionária: Muse na MEO Arena