Shara Worden ganhou reputação como compositora de canções pop com a intimidade da música de câmara. This Is My Hand, o quarto e novo disco para os My Brightest Diamond (15 de Setembro) e None More Than You, uma espécie de EP complementar que vem abrir caminho durante o verão, ambos pela mão da Asthmatic Kitty, mostram a emotividade inconfundível de Worden.

A metamorfose musical dos My Brightest Diamond é influência directa das últimas aventuras artísticas de Shara. A participação no filme experimental de Matthew Barney, The River Of Fundament, trouxe repercussões directas e literais na escrita pop da banda: o poema de Walt Whitman, que fornece as palavras para “Whoever You Are” de None More Than You e os arranjos de banda militar para “Pressure”, foram ambos inspirados no trabalho de Barney, mas a estrutura rítmica singalong a piscar o olho à pista de dança é fruto do pensamento analítico de Worden como compositora. Worden explica:

In the States, the marching band is done in school and represents something inclusive, that anyone can learn. I love the communal quality and the way drums and horns travel in large, three-dimensional spaces. I looked at changes in music over my career, and trying to re-evaluate what it meant to me in the first place: “what is the value of music?” is essentially what I was thinking about.

Maravilhosamente produzido por Zac Rae e a própria Worden, This Is My Hand, é a colecção mais imediata e acessível de canções para os My Brightest Diamond até à data.

alec peterson bigsig