Com menos de uma semana a separar-nos da edição de The Third Day, os North Atlantic Oscillation revelam mais uma faixa para o seu terceiro disco. “Wires” apresenta-nos um som diferente do single inicial de promoção ao novo registo: onde “August” era uma abordagem complexa ao rock, “Wires” é uma linha semi-turva de melodias e estruturas pop, pelo menos dentro dos parâmetros altamente abrangentes dos N.A.O.. “Everything In It’s Right Place” dos Radiohead vem à memória!

This is possibly the most straightforward track on the album, in that (unusually for us) it has recognisable pop components like verses and quasi-choruses. It’s good to have an occasional holiday from bending and breaking all that bends and breaks. The song was also an opportunity to visit some strange lyrical territory under the camouflage of a pretty melody. (Sam Healy)

A genética das terras altas mais uma vez não desilude e com este The Third Day os North Atlantic Oscillation ocupam o seu lugar mais que justificado ao lado dos grandes nomes da cena escocesa: Mogwai, Belle And Sebastian, Twilight Sad ou Teenage Fanclub.

alec peterson sig