Os portuenses Best Youth há muito que não visitavam Lisboa e deixaram claro o seu contentamento por estarem a participar do NOS Em Palco que lhes proporcionou o contacto com os fãs da capital. O projecto de Ed Rocha Gonçalves e Catarina Salinas apresentou-se no Largo de São Paulo às 21h e, como nos habituaram, foram profissionais e ofereceram um concerto sem falhas entre rasgos contidos de agressividade musical de Ed e a doçura da voz e da presença de Catarina. Juntou-se a eles em palco Moullinex com quem lançaram, em parceria, o single “In The Shade” e quem visitarão em palco, no CCB, no próximo dia 27 de Junho.

Com o público a trautear os versos das músicas antigas, os Best Youth arriscaram tocar temas novos, sedentos de mostrar o novo trabalho que teima em sair mas, em entrevista à Tracker Magazine, Ed e Catarina levantaram o véu. Falaram do novo álbum, dos Beach Boys e das parcerias musicais. Confere a entrevista aqui.

Os YCWCB subiram ao palco às 22h e a grandeza desta banda verificou-se mais uma vez. Com menos um elemento em palco – o guitarrista Luís Costa – a banda conseguiu brilhar e inovar com arranjos de teclas para suprimir a falta do sexto elemento. E fizeram-no brilhantemente. A harmonia vocal entre os músicos é uma das referências da banda. E o que poderia ser o mais difícil de transpor ao vivo, torna-se num canto celestial de falsa facilidade. Entre gritos de fãs que pediam músicas acertando em cheio no”Be My World”, single do álbum Diffraction/Reffraction de Janeiro de 2014, os YCWCB ainda encontraram espaço na setlist para incluir a música que os levou aos ouvidos dos fãs pela primeira vez. Agradeceram a Henrique Amaro pela oportunidade e terminaram com “Sad Song”, a música que em 2009 integrou a colectânea Novos Talentos Fnac.