O mundo virtual sofre muitas vezes dos mesmos males do mundo real e está sempre, por mais irreal que pareça por vezes, intimamente relacionado com a predisposição dos seres humanos que se movimentam e que moldam e manipulam todo este mundo virtual. E tal como um pouco por todo o lado existem ataques aqui. Injustificados, sem sentido e sem outro objectivo que não o de fazer mal, destruir ou danificar a existência ou o trabalho de terceiros. Somos todos apenas humanos… para o bem e para o mal.

E isto para vos trazer a informação que a nossa página oficial de Facebook foi vitima de um desses mesmos ataques. Fomos hackeados e o resultado foi a pagina ter sido cancelada pelo Facebook. Estamos em plena guerra com a plataforma social para tentarmos recuperar o trabalho de cerca de 3 anos, sem seguidores comprados, sem publicidade, sendo todos os quase 17000 seguidores pessoas que como tu, eu e todos gostam de música da mesma forma. Com a paixão e o respeito que os músicos e criadores de arte sonora e todos os elementos envolvidos neste mundo merecem. Porque mais que uma revista sobre música, a Tracker é uma história de amor.

Como o mundo não pára, nem a música pode parar e porque por aqui estar parado é uma impossibilidade, decidimos, enquanto esperamos que o Facebook resolva uma injustiça, abrir uma nova página, um novo capítulo.  A Tracker não desapareceu apenas mudamos temporariamente ou definitivamente de morada. Adicionem-se, espalhem a palavra, ajudem-nos a reunir de novo os Trackers e Trackerinnas em torno da música na nova página de Facebook.

Aqui:

https://www.facebook.com/trackermag/

Obrigado por fazerem todos parte desta história de Amor!

Pedro Miguel Alexandre

Editor