Vemos uma peça de barro ainda húmida e adequável às mãos do artista na sua base giratória, rodando e rodando. Dependendo da mão do artista, a sua obra vai ganhar uma certa forma e figura, muito dificilmente reproduzível de forma igual por outras mãos. Aquando do nascimento de um ser humano, este é uma proto-obra, prestes a passar pelas palmas dos seus geradores e a ganhar uma personalidade e identidade únicas.

Foi com contornos recheados de música e humor que Brian D’Addario e Michael D’Addario dos The Lemon Twigs foram ganhando uma linha e uma personalidade harmoniosamente revivalista e circense. Os dois irmãos de Nova Iorque, depois de um álbum de estreia gravado em casa de Jonathan Rado – membro fundador dos Foxygen –, intitulado Do Hollywood de 2016, apresentam agora o segundo single “Why Didn’t You Say That?” do seu próximo EP que se vai chamar Brothers Of Destruction, depois de terem já divulgado em junho “Night Song“, o single de apresentação.

Este próximo lançamento parece ser uma espécie de Do Hollywood, no sentido em que a sua fórmula – como já é possível verificar nas duas faixas apresentadas -, permanece enternecida pelas mãos dos 70’s, desde as de Todd Rundgren, The Beatles, The Beach Boys. Acolhendo todos estes revivalismos, os The Lemon Twigs conseguem deixar bem vincada a sua sonoridade e a sua lógica musical, com as suas imprevisíveis, mas totalmente certeiras mudanças de ritmo, e com constantes tic-tacs vocais entre os irmãos.

Nesta nova faixa é Brian que empresta a sua voz a uma canção que vai-nos parecendo cada vez mais deliciosamente contraditória. Com uma melodia digna de uma viagem de carrossel de feirinha aldeã, com todas as suas paragens repentinas e características, Brian vai profetizando docemente um desgosto de amor de um mancebo apaixonado e rejeitado pela sua teenage girl. Para rechear ainda mais os ouvidos de poppy rock barroco e extremamente harmonioso, teremos de esperar por dia 22 deste mês de Setembro, que será o dia do lançamento de Brothers Of Destruction.