Semper Femina, o próximo álbum de Laura Marling com lançamento previsto para o mês de Março do próximo ano, manifesta-se como um olhar sobre a mulher e a intimidade feminina a partir de outra mulher, sem reservas ou preconceitos, liberto e honesto. Curiosamente, o álbum começou a ser composto sob um ponto de vista masculino, algo a que Laura acabou por não dar continuidade:

I started out writing Semper Femina as if a man was writing about a woman. And then I thought it’s not a man, it’s me — I don’t need to pretend it’s a man to justify the intimacy of the way I’m looking and feeling about women. It’s me looking specifically at women and feeling great empathy towards them and by proxy towards myself.

A intérprete inglesa, já vencedora de um Brit Award na categoria de Melhor Artista Solo em 2011, parece introduzir novas nuances, suaves e envolventes, ansiosas de se fazerem exprimir ao público.

O vídeo de particular sensibilidade para “Soothing”, o primeiro single de avanço para o disco e cujo vídeo, agora revelado, foi realizado pela própria, faz-se de texturas a sugerir sensualidade e empoderamento feminino envolto em movimentos lentos e suaves de duas mulheres cobertas por latex, onde sobressai o vermelho e o preto sobre a alvura dos lençóis a acompanhar a voz de Laura que ondula a par de um contrabaixo que confere um tom mais jazzístico à sua musicalidade.

Semper Femina sai a 10 de Março de 2017 pela própria editora de Laura Marling e “Soothing” mostra-se com um bom prelúdio de uma jovem artista requintada e afirmativa que preenche o tempo que medeia a espera pelo disco e pela tour por terras britânicas que começará também no mês de Março.