Depois da abertura triunfante do disco, eis que os Godspeed You! Black Emperor mostram o grande finale caótico de Luciferian Towers com “Anthem For No State, Pt. III”.

Ao que parece, este disco vem demonstrar outra faceta guerreira: diz-se que servirá como memorando ao 100º aniversário da Batalha de Messines, estávamos ainda em plena I Guerra Mundial, em que a frente francesa ganhou terreno perante a ofensiva alemã. Este paralelismo com o universo esquizofrénico de destruição massiva de Luciferian Towers mostra o quão real – e talvez próximo –, pode estar um conflito semelhante. Talvez, como na batalha comemorativa, haja uma metáfora entre a força canadiana e norte-americana. Uma que observa e sobrevive ao estado demente do vizinho.

“Anthem For No State, Pt. III” é a ambiguidade sonora, é a celebração perante o fim. Quase nove minutos de tensão crescente, de imagens anunciadoras de uma glória que não nos orgulha. O final súbito deste tema parece prometer mais, algo que talvez não seja o fim. A frieza deste hino foi gravada durante o rigoroso inverno de 2016, na transição para 2017 no Hotel2Tango em Montreal e teve o dedo de Greg Norman na produção – assim como em Asunder, Sweet And Other Distress de 2015.

O tema conta ainda com mais duas partes. Parte do disco já se encontra para apreciação pública. Sabemos como começa e imaginamos 1/3 de como acaba. O intermédio virá a 22 de Setembro, quando Luciferian Towers sair para venda. Até lá, fiquemos com a batalha que, por enquanto, nos permitem ouvir.