Valter Lobo tinha provado já ser dono de uma bela voz, o gerador do seu belíssimo álbum de estreia intitulado Mediterrâneo. “Oeste”, um dos temas desse imenso oceano sonoro, é agora o receptor de um vídeo esteticamente bonito, embora de uma elegante simplicidade que só vem confirmar a faixa como uma das mais incríveis do álbum.

Paula Magalhães surge m “Oeste” numa serena e tímida dança em pleno cenário de hipismo, vestida totalmente de preto e de um vermelhão incandescente nos lábios. Gradualmente, a coreografia torna-se sensual e poética, ao mesmo tempo que a voz de Valter permite recordar o ambiente dos westerns com a própria melodia a parecer extraída dos cascos dos cavalos com um inebriante ritmo, dizendo “só de ver dançar sinto que a música altera, o meu corpo altera, o mundo altera-se.”

A própria presença de Paula Magalhães parece intemporal, não se sabendo dizer com precisão se é uma figura actual ou vintage. Há ainda um cavalo castanho, majestoso, que aparece ao detalhe enquanto Paula enverga um arco e flecha com flores a desabarem sobre si. A dança, contagiosa, não cessa, e guia todo o fio do vídeo conforme a voz de Valter, ela própria, um corpo em movimento. Vale a pena ver mais do que uma vez e a música ouvir todas as vezes possíveis.

“Oeste” contou com a produção de Origamind, argumento de Marta Martins e Diogo Machado e realização de Diogo Machado e Ricardo Martins.