Os The Districts não pararam desde que lançaram em 2015 A Flourish And A Spoil, o seu último registo de estúdio, e também não é agora que o irão fazer. O quarteto oriundo de Philadelphia começa agora a revelar a sua nova ambição discográfica, o álbum Popular Manipulations e aquela que será a sua terceira incursão pelos discos numa carreira que se iniciou em 2012 com Telephone.

Rob Grote, Pat Cassidy, Connor Jacobus e Braden Lawrence vão aos poucos dando a conhecer o seu próximo trabalho, deixando transparecer um amadurecimento na sonoridade neste seu regresso aos discos. “Ordinary Day”, a primeira faixa a ser disponibilizada, é agora sucedida por “If Before I Wake” que parece emergir de um espaço escuro e isolado – condizente com as influências shoegaze e The Velvet Underground citadas pela banda -, um grito que precisa ser ouvido:

The lyrics were written the morning after actually waking up during a storm that felt like it was right over my room. It was refreshing to work on as a band because we had been talking about ideas of restraint and contrast, removing chord changes and toying with droning notes, and this one felt like we synthesized some of those ideas more by second nature as we had been exploring those ideas for a while at this point.

A faixa traz um vigor e uma faceta que os The Districts não tinham ainda mostrado ao mundo. Uma combinação entre uma melodia portentosa com acordes de guitarra em linha de fundo energicamente explorados, pontuando a canção com os vocais de pendor de indie-pop épico de Rob Grote que se impõem e estendem ao longo da canção. Popular Manipulations será lançado a 11 de Agosto via Fat Possum Records. Em baixo, também o vídeo para “Ordinary Day”.