Há cerca de dois anos Mackenzie Scott deixou-nos Sprinter, um disco que tomou o mundo de assalto e viria a ser um dos melhores acontecimentos discográficos de 2015, com a sua mescla de rock alternativo de guitarras arruaceiras e ariscamente grunge, e momentos indie folk mais calmos e moody mas nem por isso menos intenso de melodias esparsas e dreamy muito próximos de Daughter.

2017 marca o regresso de Torres com um novo tema que vê a norte-americana atingir um novo patamar de uma maturidade sonora que já lhe era muito própria. “Skim” assiste a uma Mackenzie de imagem redesenhada e a pisar os terrenos cinzentos já calcorreados por St. Vincent com riffs de guitarras simples a decalcar um som cheio e pulsante forjado por linhas graves de sintetizadores nas palavras acres de uma traição amorosa, nesta que é a sua estreia pela editora 4AD.

O vídeo foi realizado por Ashley Connor que tinha já idealizado a representação visual para “Shut Up Kiss Me” de Angel Olsen, “That Battle Is Over” de Jenny Hval e “Your Best American Girl” de Mitski e mostra Torres a vaguear pelos corredores de uma habitação suburbana cujas portas se abrem para revelar corpos semi-nus e mãos que a tentam alcançar. Ainda se desconhecem detalhes sobre um possível sucessor para Sprinter, mas a música, editada como single, e o respectivo vídeo de “Skim” para ver em baixo.