Será que podemos dizer que os The Miami Flu são um super-mini-grupo? Longe dessa premissa não deve ficar. Pedro Ledo e Tiago Sales dos Lululemon, Tiago Campos dos Twin Chargers e João Vilar dos Al Fujayrah juntaram-se e formaram este colectivo que parece ir beber inspiração a cada década. Os portuenses lançaram no dia 22 de Fevereiro o seu longa-duração de estreia, Too Much Flu Will Kill You.

O quarteto aposta em faixas revivalistas do rock psicadélico dos 60’s e 70’s, de semblante ora sorumbático, ora colorido, e atá mesmo numa mescla de ambas, como em “Sugarcane”. Pedro Ledo oferece a sua voz melancólica que em certos momentos é capaz de nos trazer à memória o vigoroso Liam Gallagher, como em “Carried Away”. A juntar a esta confluência de referências, os The Miami Flu absorveram inspiração nas horas passadas a jogar jogos de vídeo de outras décadas cujas bandas sonoras contribuíram para a implementação de uma veia pop dos 80’s e 90’s que acabam por tornar o álbum numa obra memorável.

Depois do lançamento do disco, misturado e masterizado no Porto por Alexandre Braga da Adega Records, o quarteto lançou dois videoclips, para “Vicious Pills”, faixa que mais rapidamente fica nos nossos ouvidos e é sem grande espanto a escolhida para o single, e para a ecléctica “Sugarcane”.

“Vicious Pills” representa a declaração de um amor platónico por um comprimido e o seu videoclip revela o interior dos corpos dos músicos que vão desde as coisas mais mundanas às mais fascinantes, tais como galáxias e partículas miscroscópicas. Um excelente trabalho de Mário Costa.

Little pill
You know how you make me feel
Glorious pill
I can’t believe you’re real
Wherever I go
You are always here
Vicious babe,
My worst kind of fear

“Sugarcane” abre com um riff e uma bateria poderosa que, tanto no videoclip como na sonoridade, nos transportam para outro mundo. No caso do vídeo, a cargo de Diogo Vale e Pedro Silva, leva-nos para um jogo de vídeo, para uma missão de uma personagem. Entretanto, vamos vendo os membros dos The Miami Flu em actuação, ao mesmo tempo que ouvimos a lírica que relata uma viagem deliriosa:

I heard what he said
It sounded absurd
I was shaking my head
It all became blurred
Holding my pipe and my sugarcane
A thousand lies I saw
All across the Milky Way

Em registo de apresentação do álbum, Lisboa irá ter o prazer de receber os tripeiros no Musicbox já dia 17 de Março.