Se dúvidas havia de que um coração partido é a maior fonte de inspiração para incentivar a composição musical, William Arcane veio acabar com elas de uma vez por todas. Com Permanence, o EP de estreia de 2013, o músico atingiu a maturidade enquanto produtor ao misturar sons típicos das ruas e clubes de Londres com a sua voz delicada. Já com o EP Reckless, de 2014, Arcane alcançou um patamar superior ao tornar exímia a comunhão entre a elegância e o caos, combinando sons acústicos com sintetizadores analógicos. Agora, é a vez de Hourglass o fazer brilhar.

William nasceu e cresceu numa pequena aldeia em Nortfolk, no Reino Unido mas, mais tarde, decidiu trocar não só de cidade como também de nome. Mudou-se para Londres e, em vez de assumir o seu apelido, Serrell, adoptou um novo: Arcane. Actualmente, trabalha e produz para diversos artistas de múltiplos estilos e, como se não bastasse, compõe ainda para cinema e televisão.

O vocabulário musical de William foi expandido, e às palavras “permanência” e “imprudência” acrescenta-se agora uma nova: “ampulheta”. Depois de uma relação ter chegado ao fim, o músico desligou-se do mundo e manteve-se afastado durante três semanas numa casa de campo no País de Gales. Foi em completo isolamento, entre a dor e o luto, que Arcane compôs a totalidade de Hourglass com recurso apenas a um piano. De volta a Londres para a produção das músicas que havia escrito, o músico quase desistiu quando se viu obrigado a enfrentar as emoções destrutivas que o iriam fazer mergulhar de novo no buraco negro de onde mal tinha conseguido escapar:

I was afraid to revisit them and do all the production work for a while because it was a tough place to re-visit. I nearly didn’t release them because they felt so personal and I thought it would make me very vulnerable, however I decided that everything would crystalize from releasing it for others to hopefully draw something from.

Hourglass, que será lançado dia 29 de Novembro, tem sido considerado uma produção inovadora, ousada e afectiva, pautada por ritmos e texturas suaves e prevê-se que, tal como aconteceu com o seu último trabalho, o músico conquiste ainda mais notoriedade e respeito.

O single que dá nome ao EP foi apresentado recentemente e tem, também ele, recebido críticas bastante positivas. Em “Hourglass”, William fala de um amor que se está esgotar, mas no qual existe ainda uma réstea de esperança. É uma canção feita de se’s que suportam a ilusão de que o amor ainda não acabou. Os primeiros acordes da música soam com a voz delicada de Arcane que exterioriza a melodia. Este é uma canção com uma índole pesada que se eleva pelos agudos primorosos do músico e pela sobreposição de samples e vozes que se vão manifestando em toda a sua extensão.

If you just said words overdue
Maybe we can love like before
‘Cause our love is running out, running out of time

William Arcane - Hourglass EP

William Arcane – Hourglass EP