São um duo de Montreal de airosas aspirações electrónicas e os mais recentes membros da família Bella Union. Os The Beat Escape distinguem-se por uma natureza, até agora discreta, mas que a 21 de Outubro vai emanar vida com o lançamento do primeiro disco homónimo. E esta lenta e suave caminhada começa com “Seeing Is Forgetting”, o primeiro single a ser editado.

Toda ela feita de uma exímia harmonia, a faixa faz-se primariamente de fantasiosas e sonhadoras paisagens de nevoeiro sintético onde a textura analógica se faz sentir ao de leve ao ponto em que tudo se confunde num emaranhado de sons que se juntam para fazer uma única melodia tendencialmente espirituosa. O moderador de toda a onda etérea e que calca a canção em registos mais concretos, é um discreto ainda que assertivo beat que pavimenta a entrada para uma pulsante guitarra e um meditativo cantar a trazer ainda mais calmia para um single absolutamente chill.

Entre dar concertos e a criar peças sonoras para exibições em galerias, os The Beat Escape foram flutuando no seu percurso que os levou até a um estúdio junto ao lago onde começaram o trabalho no primeiro disco e, obviamente, a calma e harmonia são duas coisas altamente prezadas no ethos da banda: tudo em “Seeing Is Forgetting” parece ter sido orquestrado com o mínimo de esforço e com relaxada ponderação. Não existem indícios de pressa ou sinais de desleixo nas cuidadosamente planeadas passagens sonoras, e todos os seus elementos se sentam juntos em saborosa combinação para criar uma canção que é de pura e progressiva beleza.

Por enquanto, envoltos profundamente no nevoeiro bem cerrado que eles próprios criaram, dos novatos canadianos ainda se terá de recorrer à espera pelo disco homónimo que está para sair. Este primeiro single é tudo aquilo que eles fazem questão de adiantar por agora. Qual é o mal?