P.O.S lançou o quinto disco de estúdio Chill, Dummy em Janeiro e trouxe um hip hop bem temperado em 13 temas com assinatura da Doomtree Records. Oriundo de Minneapolis, foi precisamente no panorama da editora e com o colectivo de indie-hip hop Doomtree que desenvolveu não só as faixas, como também os seus motivos. P.O.S. não se extingue na carreira a título individual e tem ainda participado em bandas de punk-rock e actuado como teclista e com vocais para os Marijuana Deathsquads e como guitarrista e vocalista dos Building Better Bombs.

Para fortalecer ainda mais esta sua obra a solo, P.O.S pediu o contributo de vários artistas e em “Faded”, um dos temas mais aplaudidos do disco que recebe agora vídeo oficial. Justin Vernon e Lady Midnight marcam presença vocal e transformam este tema em algo poderoso e orelhudo. Logo após uma introdução carregada de uma percussão firme, P.O.S profere palavras que o movem e comovem enquanto se encontra num cenário composto por ramos de árvores.

O vídeo, editado em parceria com a Pitchfork, contou com a realização de James Gundersen e manifesta em imagens uma faixa que representa por inteiro o último álbum de P.O.S, um testemunho de extrema honestidade, carregado de uivos arrojados e intensos. Ao que parece, qualquer ligação a Justin Vernon implicará a presença de florestas e bosques, e este clip não encontra excepção. Observa-se a sobreposição de copas de árvores no corpo de Stefon Alexander enquanto Justin Vernon entoa ininterruptamente, com a voz que o fez receber aplausos dos quatro cantos do mundo, love me,, quase como o eco de uma marcha bélica. O mesmo acontece com a doce presença de Lady Midnight, suavizando a letra de P.O.S, e que se une à delicadeza de Justin Vernon, transformando, a três vozes, o tema num hino que arrepia.

Chill, Dummy está aí. Sirvam-se de “Faded”.