Os The Shins já têm Heartworms, o seu quinto registo de estúdio, cá fora há já quase 2 meses, o mesmo tempo com que nos leva em viagem com a sua alternância entre um indie pop fresco e suave e um intrincado fluxo de elementos progressivos mesclados com electrónica, sempre num registo retro e muitas vezes apresentando ambiências de diferentes décadas em cada música.

A fazer jus à pegada contemporânea de contornos vintage que visam deixar na cena indie actual, reconstruindo o que é antigo e transformando-o num novo produto, os norte-americanos pegaram em “Panic”, tema original dos The Smiths do álbum The World Won’t Listen de 1987, uma compilação de singles e respectivos lados-B de temas lançados entre 1985 e 1987.

Gravado numa sessão acústica nos estúdios do Spotify na cidade de Nova Iorque, “Panic” vê James Mercer adoptar alguns dos trejeitos vocais de Morrissey, revelando sem margem para dúvidas a paternidade da canção. Despida de artefactos sonoros, feita de apenas uma viola acústica e voz, o tema vem acompanhado de uma versão também acústica para “Name For You“, um dos momentos altos de Heartworms e o tema de abertura do álbum.