Human Performance foi um dos discos de 2016 que acabou o ano a integrar diversas listas de reputadas publicações como um dos melhores que o ano viu e foram 4 os singles que dele ouvimos – “Dust”, “Berlin Got Blurry”, “Outside” e este demolidor e provocativo “Human Performance”, o tema-título que os Parquet Courts foram mostrar a um dos palcos que tem sido uma autêntica incubadora para as hostes mais viradas para o alternativo.

O rock melancólico, regado a nostalgia em digressões garage e post-punk dos nova-iorquinos, o tom rebelde e feroz que se encontra em vias de extinção, está muito bem e recomenda-se, como a actuação não desmente. Os Parquet Courts iniciam uma digressão para a semana que vem que, até ver, não passará por Portugal.