Waxing Moon, disco do qual faz parte este “Vessels”, foi um dos discos maiores da semana passada e recomendado por nós na selecção de álbuns essenciais dessa mesma semana. A menina Foon, responsável por se ter inventado enquanto Saltland, ter inventado os Esmerine e fazer parte dos A Silver Mt. Zion – só para resumir muito a quantidade de colaborações e projectos dos quais a canadiana faz parte -, assinou pela primeira vez um disco com o seu nome.

Waxing Moon saiu pela Constellation Records no passado dia 21 de Fevereiro, revelando uma Rebecca Foon etéreamente mais concreta do que habitual. A urgência climática dissolve-se num mesmo invólucro liquido que os traumas pessoais renascendo ambos enquanto um pedaço de sonho ambiental liquifeito em art pop vaporosa.

Um dos convidados do primeiro álbum em nome próprio de Rebecca é Patrick Watson e “Vessels”, a colaboração entre os dois canadianos, torna-se agora imagem. Uma presença protectora de alguém que já não é convida à memória e a uma dança sobrenatural de não esquecimento. Tanto o vídeo realizado por Stéphanie Anne Weber Biron e o encontro de Watson com Foon, pertencem ao circulo fechado de acontecimentos inesquecíveis do ano.

Lê também: Cartas de amor ao planeta e à dor por Rebecca Foon em ‘Waxing Moon’