Desde há algum tempo que o Record Store Day vem sendo usado para mais do que para aquilo que foi criado. Colocar as lojas independentes de discos no mapa das pessoas era o objectivo mas acabou por se colar com alguma naturalidade à ressurreição do vinil e acabou por o trazer de novo para o nosso quotidiano de descartabilidade gritante. Verdade seja dita que a missão tem sido cumprida com bastante distinção e estão por aí os dados estatísticos para comprovar. Uma subida de 32% em 2015 rendendo o módico numero de 416 milhões de dollars.

Mas na verdade ele é usado por inúmeros artistas para lançar algumas raridades e fazer anúncios. Neste ano um deles foi Pete Doherty. A par de “The Whole World Is Our Playground” no 12’’ duplo lado A lançado com James Johnston dos Gallon Drunk, a voz dos The Libertines anuncia o lançamento do sucessor de Grace/Wastelands, o disco de estreia editado já no longínquo ano de 2009. Ainda sem titulo o disco sai no final do ano e o tema escolhido para apresentar a novidade foi exactamente “The Whole World Is Our Playground”, um tema antigo repescado ao estado embrionário dos Babyshambles e que Pete costumava tocar nos seus primeiros concertos a solo. Agora vai ganhar vida e espaço em disco. E que versão bonita que ele nos apresenta aqui no video para “The Whole World Is Our Playground”.