Na última quarta-feira, dia 24 de Maio, a presença forte e inusitada do britânico Peter Doherty, um dos fundadores dos The Libertines e líder dos Babyshambles, passou novamente em São Paulo para uma apresentação única do seu mais recente álbum Hamburg Demonstrations no intimista Cine Jóia acompanhado pelo grupo The Puta Madres que inclui elementos dos Babyshambles e dos Trampolene.

Para alegria dos fãs, Peter apresentou em palco grande parte do cancioneiro dos The Libertines com os temas como “Don’t Look Back Into The Sun” e “The Good Old Days” por entre as músicas mais reconhecíveis dos Babyshambles, enquanto revisitou em “Last Of The English Roses” o seu primeiro álbum Grace/Wastelands e “For Lovers”, o single de estreia de 2004 de Wolfman que contou com a sua colaboração.

Não é a primeira vez que Doherty actua perante uma plateia em São Paulo – contando pelos dedos, esta é a sua quarta passagem -, incluindo shows e festivais como o Popload Festival em outubro do ano passado, tendo sido uma das principais atracções do festival com os seus The Libertines ao lado dos Wilco.  A sua vinda ao país marcou o retorno da emblemática (e problemática) banda britânica, que soltou o primeiro disco em 11 anos, Anthems for Doomed Youth, em 2015.

Actualmente, Doherty encontra-se em tour em suporte da sua carreira a solo, depois de ter lançado Hamburg Demonstrations no último mês de dezembro. O LP é o segundo trabalho a solo do músico, dando assim sequência a Grace/Wastelands, lançado em 2009. Depois do concerto no Cine Jóia, Pete Doherty passou pela Argentina (Buenos Aires e Rosário), Uruguai (Montevidéu) e Chile (Santiago). Estas são as fotos.