Phantogram e How To Dress Well, uma combinação que já se adivinhava assombrosa antes de qualquer vislumbre sonoro e que só podia resultar em algo grandioso. E em nada nos enganámos. Liquidamente pulsante, cinematicamente vívida, abafada em neblina húmida e densa de onde brota a voz meio sufocada e cortante de Sarah Barthel, “You Don’t Get Me High Anymore”  recebe um tratamento mais lento e underground, mais Gaspar Noé, menos Tarantino, menos plastificado e synth que o original pelo condão mágico de Tom Krell.

O tema faz parte do novíssimo Three, o terceiro longa-duração dos nova-iorquinos lançado na semana passada, a 07 de Outubro, sucessor dos anteriores Voices de 2014 e Eyelid Movies de 2010.