O rock sabe geralmente melhor ao vivo e quem já passou por um dos concertos de Royal Blood sabe na pele o que se quer dizer com isto. O duo de Brighton, que em 2017 tocou duas vezes em Lisboa – uma como parte do cartaz do NOS Alive e outra no Campo Pequeno em nome próprio -, é uma das mais dignas representantes da espécie animal de palco da actualidade.

Venham quantos discos vierem (e já vieram dois, o homónimo, de 2015 e How Did You Get So Dark? do ano passado), o sítio certo para se estar com Mike Kerr e Ben Thatcher é durante aquela hora e meia ou duas horas em que a banda debita decibéis, suor e sexualidade rock n’roll de cima do palco.

Não é à toa que em seis vídeos que os britânicos lançaram para o último álbum, três sejam filmados ao vivo. Mais até, “I Only Lie When I Love You” existe em duas versões, sendo uma delas ao vivo no Collins Music Hall, em Londres. A experiência live é desta vez sonorizada com “Look Like You Know” e para além de imagens da banda ao vivo durante a tour de How Did You Get So Dark?, há também acesso livre ao backstage e a breves momentos em estúdio.