Um plano-sequência harmonioso conduzido por um piano delineador de uma melodia única, ora dissonante e descompassada, ora concisa. Ao ouvir a nova canção de S. Carey ao som ambiente, com headphones ou até mesmo dentro do automóvel com o volume alto, é possível captar o infinito contido em notas musicais simples e ainda tão ousadas para um encontro profundo entre a transmissão e recepção de uma mensagem.

Detentor absoluto dos conceitos de clareza e beleza S. Carey – inicialmente conhecido como baterista da banda Bon Iver liderada por Justin Vernon -, é já consagrado com uma carreira a solo, e lança agora o single “Brassy Sun” pela Jagjaguwar Records. Após escrever “Rose Petals” em 2016 para a 1ª temporada da série Flaked da Netflix co-criada por Will Arnett, que faz também parte do elenco, o convite veio novamente para uma nova composição lançada para o primeiro episódio da 2ª temporada da mesma série.

Carey embute nas suas poesias o lirismo reflexivo que parece remeter o ouvinte às esferas mais subterrâneas da alma. O questionamento e a dúvida são elementos presentes na letra, como um desabafo de peito aberto que produz simultaneamente certo incómodo e leveza. São nestes espaços de fala que é possível perceber a perda sinalizada por “Do I know you? do I even know you?”, que parecia então ser mascarada por elementos que encobriam algo, como a luz ou a neblina.

O ápice da canção detém-se com a suave “Where have I been?”, repetidamente entoada como um coro angelical que mergulha no infinito da psique, buscando por respostas, nas teclas do piano com leves toques de electrónicas como pano de fundo. É no se perder que Carey parece, de certa forma e com toda maestria, encontrar o trilho para as suas composições.