Após a edição de Pulso, o segundo álbum dos Um Corpo Estranho lançado este ano, Pedro Franco e João Mota revelam agora o vídeo para “Scarlett”, o segundo single retirado do disco. A realização esteve a cargo de António Aleixo com a colaboração da Garagem e do colectivo Tom And Jelly, aliados ao input criativo da própria banda.

Para além de dar nome à canção, o vermelho serve também de ponto focal no vídeo: nada aqui chama tanto pela nossa atenção como o adereço que acompanha a bailarina Sofia Crispim Rosado e a envolve como uma chama na encarnação de uma musa aquática hipnotizante que troca as voltas em sedução de quem a observa. Neste caso, as “vítimas” são Pedro e João, literalmente mergulhados num plano tão surreal como original, sem faltar sequer um par de peixinhos dourados a acrescentar à dimensão caricata da cena.

Em termos sónicos, “Scarlett” dispensa a combustão evidente em “Onde Quero Arder”, o single anterior, a favor de uma atmosfera jazzística igualmente inflamável, a fazer lembrar uma sala de jogos fumarenta da primeira metade do século XX ou, noutro espectro de análise, as densas paisagens conjuradas pelos Dead Combo, por exemplo, com a distinção instigada pelo banjo, característico do som da banda, e a lírica apuradamente lasciva. Estranho de nome, confortável no ouvido. Ora vejam.