Selma Uamusse transportou até Cem Soldos pedaços de uma África enraizada nas danças tribais, nos instrumentos e num rol de tradições ancestrais projectadas na voz no Palco Lopes-Graça.