Feios, porcos e maus ou a última coca-cola do deserto? As opiniões dividem-se como dois lados da mesma rua, uma rua num subúrbio inglês com cheiro a cerveja e a chuva constante. Já se sabe que a inquietude das opiniões não se fica na boca de Jason Williamson, nem no balcão do pub e muito menos se escondem atrás dos beats crus, simples e directos de Andrew Fearn.

Segundo Williamson,

the song is “based around the disgusting lie that is Boris Johnson, the wannabe Churchill (We don’t need another one). The song also discusses the void that is modern music, internet attention spans, one dimensional acts and the current trend of reformed bands looking to cash in with PR heavy assaults that try to conceal their pointlessness.

De English Tapas lançado na semana passada, esta é “Moptop”. Ladies and Germs, the Sleaford Mods!