Directamente de Pesaro, Itália, os Soviet Soviet têm vindo a demonstrar um cunho próprio disfarçado por um revivalismo e vontade vanguardista no que toca ao território intersticial do shoegaze e do post-punk. Fate, de 2014, é um disco completo e contagiante que nos empurra a toda a força por um trilho sónico emocional que entusiasma, até mesmo, fisicamente. A banda desvenda agora “Endless Beauty”, o primeiro batimento cardíaco do novo disco Endless que tem data de lançamento prevista para 2 de Dezembro carimbado pela Felte.

Alessandro Constantini, Alessandro Ferri e Andrea Giometti apresentam assim um tema com elementos diferentes dos que fizeram parte de Fate. Apesar de não perder o carácter expressivo do baixo forte, das guitarras longínquas e da velocidade alucinante dos pratos de choque de Ferri, a composição está menos obscura e sombria, mais refrescante, sem abdicar da forte carga emocional e dos suspiros que nos fazem sentir. A voz desequilibrada e altamente comunicativa de Andrea ganha aqui mais protagonismo, encabeçando uma linha mais melódica daquela que ouvimos no decurso da maioria de Fate. A energia deste colectivo italiano é sentida mesmo em estúdio, sendo que, em concerto, se mostra completamente alucinante.

É entre espirais shoegaze, baixos fortes à la post-punk e muita força de um power trio que se esconde Endless. A ânsia pelo álbum é crescente à medida que o pano sobe: aguardemos por Dezembro.