New York isn’t New York without you, love” abre o novo capítulo na história de St. Vincent. A primeira música original de Annie Clark desde o disco homónimo de 2014 é “New York”, e é tão simples e tão complexa como as palavras que a lançam através de uma música vestida de teclas de piano, de violinos exuberantes como a cidade que baptiza a canção e de um crescendo de intensidade como quem espera o tempo passar para ver as feridas sarar.

“New York” afasta-se do território das guitarra mais habituais na sua obra mais recente, sentando Annie a um piano para um tema com a poesia afiada e arrojada e um claro acenar ao disco de estreia Marry Me de 2007. É fácil criar um paralelismo sonoro e uma sequência temporal ao tema-título e a “We Put A Pearl On The Ground”, por exemplo, deixando no ar o travo agridoce de um fecho de ciclo. Estes são os primeiros passos para uma nova realidade, deixando escrito no livro de memórias momentos que dificilmente serão esquecidos.

…you’re the only motherfucker in the city who forgive me
I’ve lost an hero, I have lost a friend
but for you darling I’ll do it all again

St. Vincent tinha anunciado na semana passada a sua Fear the Future Tour, anúncio acompanhado por um A Very Special Announcement, um vídeo meio louco, que podem ver em baixo, que deixava antever música nova para muito breve, bem como novidades sobre o sexto disco da compositora norte-americana. As novidade chegam em formato de canção, apenas não havendo mais informações sobre datas de lançamento ou um título final para o novo trabalho de Annie.