Poucas são as bandas que reúnem tanta multiculturalidade como os The Loafing Heroes: são cinco músicos, todos de nacionalidades diferentes. Bartholomew Ryan (Irlanda), Giulia Gallina (Itália), João Tordo (Portugal), Judith Retzlik (Alemanha) e Jaime McGill (Estados Unidos) lideram este grupo cosmopolita em constante evolução. Nómadas da Europa, tomando residência em Lisboa, Dublin ou Berlim, tentam incorporar sons de diferentes regiões para criar algo de único: uma mistura de culturas expressas através de música. O seu quinto disco de originais, The Baron In The Trees, segue o caminho deixado pelos quatro anteriores – Crossing The Threshold, Planets, Chula e Unterwegs -, ao criar um autêntico roteiro de viagem, daqueles que permitem ao passageiro conhecer os mais ínfimos detalhes de um local através das coordenadas deixadas pelo indie-folk.

“O Outro Lado” é o mais recente single do novo álbum e escolhe a floresta de Sintra como cenário para o seu vídeo. Há poucos sítios tão mágicos e deslumbrantes como este, onde as fronteiras entre o sonho e a realidade desaparecem. Como o próprio nome indica, vaguear por esta floresta é conhecer o outro lado da vida, um cuja pureza permanece intacta. Como Bartholomew Ryan nos escreve, “If life is a parenthesis, then I am a river and we will flow, dissolving into the plurality of it all“; traduzindo para belo português, é fechar os olhos, desligar do mundo e deixar esta música além-fronteiras fluir.

Para os que quiserem dizer um olá “from the other side” aos The Loafing Heroes, a banda sobe ao palco do Raw Coreto do NOS Alive no dia 8 de Julho, dia de Radiohead, Tame Impala e Hot Chip.