O sistema sonha apenas submerso numa escuridão total, e incapazes somos nós de sonhar com o novo disco dos The National, mesmo que debaixo de uma luminosidade perfeita. Uma, apenas uma das faces mais representativas do dramatismo tão intrincado quanto custoso e tenso imortalizado em Sleep Well Beast – o sétimo registo de estúdio da banda de Matt Berninger editado há pouco menos de uma semana -, “The System Only Dreams In Total Darkness” espelha nas espirais quase artificiais, quase mecanizadas dos riffs de guitarra, do ritmo melancólico e ligeiramente orquestrado pelos inúmeros elementos em palco que dão profundidade sonora ao tema uma inquietação desanimada e soturna, expressão máxima transversal a quase todo, se não todo, o alinhamento, encastelando histórias de desalento numa vida que se enfrenta com o peso de um segredo que se guarda há tempo demais.

Os The National apresentaram o tema no The Late Show with Stephen Colbert nas mesmas circunstâncias tão caracteristicamente catárticas que Matt tem vindo desde sempre a representar em palco as suas canções, como se tratasse de um exorcismo de dor, frustração e arrependimento derramadas para cima dos incontáveis palcos pelos quais já passou com os irmãos Dessner e Devendorf. Uma disposição que atravessa o disco em todos os seus vértices e que coloca os The National como uns dos mais dilacerantes contadores de histórias de dor e maioridade. Sleep Well Beast foi editado a 8 de setembro pela mítica AD.