Realizado por Y2K e com Robert Foster (Jackie Brown, Mulholland Drive, Breaking Bad) no papel de The Doctor, a modelo ukraniana Natalia Selevanova no papel de The Subject e de Luis Vasquez,  Mister The Soft Moon, que encarna o seu próprio The Patient na continuação da história sobre fragilidades, suicídio e cura iniciada no vídeo de “Far”, “Wasting” situa-se em termos visuais entre os métodos terapêuticos de Clock Work Orange e a densidade futurista de Blade Runner.

Quando a qualquer instante só se espera ouvir Robert Smith e os versos “As piece by piece/ You performed your story/Noiselessly across the floor/ Dancing at the funeral party” é a prova mais que bastante para a auto-definição dos caminhos para a luz que Luiz Vasquez tomou na escrita de Deeper…  Os travos negros do post-punk vestido a vinhos góticos da colheita inicial de 80 e a acidez fria de um pulmão carregado de industrial  e líquidos criogénicos que se debate para respirar fora de água.  Deeper tem tudo para se transformar num clássico de silhuetas negras.

alec peterson sig