Tom Levin - Them Feet
60%Overall Score

Quinto álbum do singer/songwriter sueco Tom Levin. Levin é um homem viajado e de muitos talentos que construiu a sua carreira musical a par com o seu trabalho enquanto designer gráfico. Todas as aventuras nos vários países em que viveu são a bagagem emocional que se transforma em belas melodias e palavras sentidas na sua voz.

Num álbum despido de grandes arranjos, a voz e a emoção estão no leme. Impossível não pensar em cenários de viagens imaginárias, enquanto as músicas se sucedem uma atrás da outra num crescendo quase espiritual. A música de abertura, que dá nome ao álbum, “Them Feet”, é um blues acústico muito bem conseguido, com um toque de Bob Dylan. John Butler e Ben Harper são a maior referência aqui. Em “I Raise My Flag” temos um pop actual, com um toque U2, se estes fossem liderados pela voz de Tom Waits. O álbum volta a uma raiz mais bluesy rock em “Pull Yourself Together” e “As Long As It’s Good”, ambas com um travo de Nick Cave. “Company Man” é o momento do álbum. Um slow blues com coros gospel a atirar uma letra de afirmação pessoal: “If I forget who I am I’ll die a company man”, berra Levin a plenos pulmões por cima do coro que o acompanha. As restantes faixas são um pouco menos emocionais, talvez até menos fortes, destancando-se talvez “Father To A Son”. Mas isso não é suficiente para dar uma má nota a este trabalho.

Levin pretende lançar mais um álbum ainda este ano, o seu sexto. Esperemos atentamente pelo que este cantautor sueco que já viu meio mundo (e que até tem uma canção que lhe foi dedicada por uma tribo Maori neo-zelandesa), nos traz no futuro.