Sabem aqueles dias em que tudo corre mal? Dias em que temos pressa de chegar a algum lado e tudo parece entrar em sintonia cósmica para nos infernizar a vida? O elevador que demora a chegar, a vizinha do 3º direito com quem nunca falaste antes que teima em ter uma conversa, o sinal vermelho que não cai, o único corredor que leva ao teu destino que está inundado. Pois, quem nunca, não é? É. Mas acontece a todos e desta vez parece que aconteceu a Thom Yorke no novo vídeo dos Radiohead.

Depois de “I Promise” e de “Man Of War“, dois dos três temas inéditos que os rapazes de Oxford deixaram como extra na edição de celebração dos 20 anos de Ok Computer, OKNOTOK lançada em junho passado pela XL, agora fecha-se o ciclo com mais um vídeo para a música a quem ainda faltava uma narrativa visual – “Lift”. O vídeo realizado por Oscar Hudson, que tinha já anteriormente sido responsável por uma das vignettes que ilustraram as músicas de A Moon Shaped Pool e que foram aos poucos sendo reveladas entre maio e julho do ano passado – nomeadamente para “The Numbers” e que podem recordar aqui -, ilustra uma viagem de elevador onde tudo parece acontecer a Thom.

Começando no 18º andar onde Thom entra de sacos de plástico na mão como quem vai deixar as coisas na reciclagem e vai descendo e parando em todos os andares para entrarem as mais variadas personagens e onde a cada andar as coisas se vão tornando mais surreais, com o pobre Yorke a ficar cada vez mais confuso com tudo que vai assistindo em cada paragem, em cada piso. Até que finalmente chega ao primeiro piso onde… fica a surpresa para descobrir no final de “Lift”.

Lê também: Depois da versão de estúdio, o vídeo para “I Promise” dos Radiohead

Este é o vídeo para “Lift”, parte do alinhamento de OKNOTOK 1997-2017.