Quem já foi, saberá que Paredes de Coura também se faz fora das quatro linhas dos palcos. Há um espírito quase naïve, de descoberta, de procura por algo para se divertir. Mas, e sobretudo mas, para descansar, conviver, estar com amigos e, se possível encontrar sítios sossegados. Porque também é possível fazê-lo. Nesta secção de fotos há de tudo um pouco. Há os clássicos saltos para a água e barcos no rio. Mas também há silêncio ao sol, uma pausa para um livro ou para partilhar amor, amigos à conversa e um espírito jovem. Tudo em família. Tudo entre amigos.

Quem escolhe ficar no campismo, também escolhe conviver, não apenas com a natureza, mas com a boa disposição de grupos. Desde convites indirectos até à descoberta de novos locais onde se instalar, longe da confusão que também pode ser o campismo.

Até que, por fim, chegam os concertos. Chega aquilo por que, esperemos nós, tanto esperamos. Onde cada um convive e se diverte como quer. Uns mais do que outros. Uns a incomodar mais do que outros. Mas estamos num festival, é previsível acontecer um pouco de tudo. O importante, sim, é ver concertos e ver as bandas que tanto queremos. Para o ano haverá mais de certeza no palco de todos os sonhos: no Vodafone Paredes de Coura.