Os Vomitface surgem da insatisfação de Jared Micah e Preetma Singh com o medíocre e desinspirado estado da nação indie e a sua queda no mainstream. Com um 7″ de 4 temas na mala e uma atitude punk à séria, este pode ser o início de uma excelente banda. Apresentamos aqui a versão para “Sat In Your Lap” de Kate Bush. Haja coragem, certo?

Jared já tinha andado por outras bandas até descobrir Preetma, uma estudante de direito que acabou numa escola de moda em Nova Iorque e que entretanto descobriu a sua verdadeira paixão: espancar baterias. Depois de desenvolverem o seu som, recrutaram o amigo de longa data Keller McDivitt para deixar a sua marca sludge no baixo.

Jared e Keller cresceram juntos numa pequena cidade na zona oeste do Tennessee, onde trabalhavam numa loja de discos e caçavam obcecadamente novas bandas e quanto mais obscuras, melhor. Enquanto isto, Keller desenvolvia uma carreira como engenheiro de som no seu estúdio caseiro (Dungeon Beach, agora sediado em Brooklyn) e a tocar nos titãs post-rock The Ascent of Everest e Jared roubava cadeiras de rodas em grandes superfícies para depois as oferecer online a quem tivesse sido recusado pela Medicaid. No meio de tanta coisa, depararam-se com Preetma a tentar escapar ao tédio da faculdade de direito em concertos pela cidade. O núcleo dos Vomitface foi gerado inconscientemente, mas só quando todos acabaram por ser levados por uma série de coincidências para a cidade de Nova Iorque é que a banda realmente se materializou.

Com um som já descrito como black-surf e avant-grunge ou what Mudhoney may have been if Mark Arm had been more influenced by Devo than by The Stooges, o trio movimenta-se pelo reinos das riot grrls mais psicóticas (Olá, Babes In Toyland) ou da sensualidade I don’t give a fuck de Kim Gordon e da desconjunção rítmica dos seus Sonic Youth. Ah e claro… smells like Nirvana spirit somewhere, ah?!

 

Related Posts