Waxahatchee traz nas suas guitarras submersas em guitarras punk circulares e nas linhas de baixo perfeitamente cravadas nas progressões melódicas os ventos inconformados dos anos 90 e do melhor alt rock que se fazia de verniz estalado com as Veruca Salt, Julianna Hatfield ou Liz Phair e que tanta falta têm feito. Depois de no ano passado Katie Crutchfield ter revisitado numa colectânea as P.S. Elliot, banda já extinta que partilhava com a sua irmã Allison, e lançado Early Recordings, um álbum que contém as suas primeiras gravações sob o pseudónimo Waxahatchee, Katie tem agora todo o tempo do mundo para oferecer em 2017 um sucessor ao seu Ivvy Tripp, um disco que deixava antever já uma artista em verdadeira rota ascendente.

“Never Been Wrong” é a segunda amostra do quarto registo de estúdio da discografia de Waxahatchee e o primeiro que a norte-americana edita pela Merge Records. Uma canção que orbita nas esferas mais delicadas do punk e do alt rock com fases no seu andamento muito próximas do garage dos The Strokes e que não abandona um lado imensamente melódico, com a pureza da voz de Katie – nota-se nestas canções um certo amadurecimento também na sua voz, é certo -, a servir paradoxalmente de elemento pacificador. De nervo mais largo que “Silver“, o primeiro avanço para o disco, o novo tema da norte-americana fala da sinceridade e de desamores numa sobrecarga emocional que se vai dissipando nas cordas das guitarras e do baixo. Out In The Storm sai no no próximo dia 14 de julho.