Explosão de purpurinas psicadelicamente hip-pop, motim de confettis tribalizadamente electrónicos e um resultado que se assemelhará a um bulício de cor num espécimen cuja raça não será fácil de identificar. Ruas de Brooklyn infestadas de cheiros magrebinos e ritmos subsaarianos e uma impertinência de rótulo perante tamanha detonação de brilhantismo. Baixos a roçar o dubstep, uma conflagração de guitarras ácidas e pop psicadélico de baterias urbanas com sede num duo de nascença londrina e de pertença irrefutavelmente universal.

Aqui ficam o single “Hot Love”, com lançamento a 8 de Setembro do álbum que sairá ainda este ano, e o mixtape Devileyes para conferir mais abaixo.

rosana rocha sig

 

 

Related Posts