Os Wild Beasts parecem querer tornar a sua partida enquanto colectivo o mais memorável e o mais difícil possível. Depois de terem anunciado o final de forma inesperada em Setembro, os britânicos editaram no mês seguinte um EP composto por três canções que ficaram de fora de Boy King – o último longa-duração da banda, editado em 2016 -, que levou o nome Punk Drunk & Trembling e do qual retiraram o tema-título. A banda revelou também que daria ainda corpo a mais uma rodela discográfica, que chegará em formato live no próximo mês de Fevereiro com o título Last Night All My Dreams Came True.

Do novo disco, que sai no dia 16 e veio apresentado em Dezembro com o tema de avanço “The Devil’s Palace” – um entrelaçar das faixas “The Devil’s Crayon” do álbum de estreia de 2008 Limbo, Panto e de “Palace” do disco Present Tense de 2014 e que ardia em fogo lento e tenso ao longo dos seus quase quatro minutos de synths atmosféricos -, os Wild Beasts revelam agora a versão ao vivo para “All The Kings Men”, que vem acompanhado de um vídeo com imagens da banda em estúdio.

A canção, originalmente parte do alinhamento do álbum Two Dancers de 2009, integra aquele que será a última produção dos Wild Beasts enquanto banda e será também lançado no dia anterior à última vez que subirão ao palco para o seu derradeiro concerto, que decorrerá no Hammersmith Apollo, em Londres, no dia 17 de Fevereiro.