Quando uma banda em dois meses manda cá para fora quatro malhas e cada uma aponta numa direcção diferente das duas uma ou estão perdidos e sem direcção ou vem lá um disco de todo o tamanho. E enquanto a roleta não pára as nossas fichas estão todas depositadas na segunda hipótese.

Em Fevereiro a Arts & Crafts, editora que dá abrigo de agora em diante, substituindo a Vice, ao mundo indefinível dos Win Win, lançou para a sua página de soundcloud uma mini-playlist de dois temas. “Couch Paranoia” e “Waster”. Se a primeira era um bombom kraut À La Radiohead, “Waster” metia prego a fundo para uma psicadelia de praia com um vibe rock dançante. Um mês depois trocam as voltas todas ao bailarico e “Air” movimenta-se no mesmo bairro da banda francesa com esse nome enquanto exploram os horizontes do electro-R&B e acrescentam um certo je ne sais quoi baleárico.

Hoje levamos com “Been So Long”, escrita a meias com Jahphet Landis dos TV On The Radio e Courtney Epton que empresta a sua voz à canção e mais uma vez o ponteiro da bússola aponta para outros nortes. Os da pop experimental a brincar aos caleidoscópios com os MGMT sobre a alçada da indie pink-pop sueca.

Até ver são quatro direcções e quatro sonoridades distintas mas de alguma forma complementares num tetris sem classificação entre um passado que ainda não foi e o digitalismo. Primaries é o terceiro disco para XXX¢hange, Devlin e Ghostdad e sai a 30 de Junho.

alec peterson sig