Os Yo La Tengo juntaram-se ontem a um dos maiores nomes do underground norte-americano, o rapper Aesop Rock, na sua estreia em televisão apesar de uma carreira de 20 anos. Este momento absolutamente histórico que junta duas lendas vivas da melhor música feita em território do Tio Sam aconteceu no também mítico Late Show With Stephen Colbert, palco de tantos live sets pela elite da música alternativa das Américas desde o final dos anos 90.

O primeiro disco dos Yo La Tengo, Ride The Tiger, faz este ano 30 anos, enquanto que o primeiro registo de Aesop, Earthworms, leva “apenas” 19 de história. Duas gerações do underground que se encontram agora numa combinação aparentemente surpreendente. Ou não! Lembram-se da banda sonora para Judgement Night em 1993? Onde uma série de nomes da cena rock como os Sonic Youth, os Teenage Fan Club, Faith No More e Mudhoney, entre muitos outros, se encontravam em estúdio em duplas improváveis com Ice-T, Sir Mix-A-Lot, Cypress Hill, Run DMC ou De La Soul e onde, de alguma forma, aquilo que viria a ser a fórmula do rock meets hip-hop do nu-metal começou a tomar forma? Foi este o vibe de união sem barreiras que se viveu ontem no estúdio de Colbert.

Esta é “Dorks” do mais recente disco de Aesop Rock, The Impossible Kid, com os Yo La Tengo.