Ainda na fase de aquecimento para o lançamento do próximo álbum – Life Without Sound é editado a 27 de Janeiro -, os Cloud Nothings dão agora a conhecer mais um tema do disco.

Depois de acalmarem os ânimos – de forma sempre relativa, quando se fala dos Cloud Nothings -, com “Modern Act”, a banda de Cleveland, no Ohio volta a arregaçar as mangas no novo “Internal World”. O nervo punk que os caracteriza evidencia-se com a mesma facilidade com que encaixam uma mão cheia de diferentes melodias orelhudas em menos de quatro minutos de duração.

Apesar do apelo pop, “Internal World” equipara-se a “Modern Act” no debate de questões existenciais, seja a passagem do tempo, o nosso lugar no mundo ou a percepção do que é realmente necessário para a felicidade, sem faltar sequer um convite à introspecção, contraposto com o arranhar omnipresente das guitarras e a percussão acelerada, como não podia deixar de ser:

Internal world, the one worth living
But I’m not the one who’s always right,

Gravado em três semanas no Sonic Ranch de El Paso, Texas, Life Without Sound tem assim a narrativa traçada, prometendo também ser o trabalho mais “polido” da discografia de Dylan Baldi, Jayson Gerycz e TJ Duke. Enquanto não chega, podem ir mergulhando no mundo interno dos Cloud Nothings e para isso é só seguir por aqui.