Aviso a todos os Humanz: não vai ser preciso esperar mais uma mão cheia de anos para haver um novo álbum dos Gorillaz. Lembram-se de toda a novela que antecedeu este ano o lançamento do quinto álbum da banda de 2-D, Murdoc Niccals, Russel Hobbs e Noodle? Parece que vai haver sequela.

Os Gorillaz vão editar já em 2018 o sucessor de Humanz, disco editado em Abril passado. Quem o diz é Jamie Hewlett, o artista visual e ilustrador responsável por dar vida às personagens que habitam no planeta dos macacos com o seu parceiro de crime, Damon Albarn. Jamie deu uma entrevista à Taschen – a editora de livros de arte pela qual vai editar em Janeiro uma retrospectiva do seu trabalho, sobre o qual se pode saber mais na sua página -, e no âmbito da qual revelou a novidade:

We’re going straight into the album with no break. Usually we have a good five-year break between each album but we decided: ‘You know what? Let’s keep going’ because there’s ideas for a few more albums so we’re going to go straight into that. So that will be all of next year and probably the year beyond that.

Foi com estas palavras, registadas na entrevista em baixo, que recebemos a notícia que os Gorillaz não vão parar de gravar, ainda que em plena tour por entre os Humanos de Z, uma digressão que os irá levar em Março, pela primeira vez, até ao Brasil, mais precisamente ao Jockey Club, de São Paulo.

Quem estiver com muitas saudades dos Blur, o melhor é não tirar já os discos antigos da grafonola, já que para além da tour dos Gorillaz e do disco novo que sai em 2018, Damon Albarn está a preparar o novo disco dos The Good the Bad & the Queen. A super-mega-híper banda que Albarn partilha com a lenda do afrobeat, Tony Allen, o ex-The Clash Paul Simonon e o ex-The Verve Simon Tong, irá lançar o sucessor do disco de estreia – que já leva dez anos de história -, algures durante o ano que vem.