As marés vivas de folk e aparente calmaria da trovadora de cabelos vermelhos punk rock inundaram o aquário da Rua da Barroca em Lisboa no dia 22 de Março. Se a adopção de Shannon Lay por parte de Kevin Morby na Woodsist, bem como os dois discos de outro mundo – All This Life Going Down em 2016 e Living Water no ano passado -, não fossem mais que suficientes, esta noite o sorriso de folk e beleza de elfa de Shannon alojou-se de vez naquele espaço único onde se guardaram os segredos mais bonitos.

A maré subiu devagar com as sombras e a delicadeza dos desertos psicadélicos e roots de April Marmara. Um dos nomes mais peculiares, únicos e estimulantes do panorama português. As fotos dessa belíssima noite já aqui em baixo.