A grande-enorme-gigantesca voz dos Alabama Shakes está de malas feitas para uma viagem em nome próprio que a irá levar até um lugar distante nas memórias pessoais. Britanny Howard tem Jaime, o disco de estreia a solo, programado para lançamento a 20 de Setembro pela ATO Records.

O disco é batizado em homenagem à irmã de Brittany que faleceu de cancro quando ambas eram ainda adolescentes. Jaime é uma das responsáveis pela carreira da irmã, tendo sido ela que a ensinou a tocar piano e a escrever poesia.

O single de avanço para o disco de Howard é “History Repeats”, uma canção que, segundo ela, se debruça sobre a nossa espécie e a constante e cíclica roda de erros do animal humano. As provas estão efectivamente por todo o lado se ainda houver motivos para duvidar de Britanny.

Howard deixou na página de Facebook dos Alabama Shakes um texto pessoal em que se abre e clarifica o que é este Jaime:

I wrote this record as a process of healing.
Every song, I confront something within me or beyond me. Things that are hard or impossible to change, words and music to describe what I’m not good at conveying to those I love, or a name that hurts to be said: Jaime.
I dedicated the title of this record to my sister who passed away as a teenager. She was a musician too. I did this so her name would no longer bring me memories of sadness and as a way to thank her for passing on to me everything she loved: music, art, creativity.
But, the record is not about her. It’s about me.
Podem ler o texto completo aqui. Em baixo está “History Repeats”, o artwork e o alinhamento de Jaime.

Jaime

01. History Repeats
02. He Loves Me
03. Georgia
04. Stay High
05. Tomorrow
06. Short and Sweet
07. 13th Century Metal
08. Baby
09. Goat Head
10. Presence
11. Run to Me

Britanny Howard - Jaime

Britanny Howard – Jaime