Anok Ko foi um dos discos que cortou a nossa meta como um dos trabalhos essenciais a ouvir de 2019. Jay Som tem vindo, quase em surdina, a crescer e a crescer de álbum para álbum – e já lá vão quatro – afirmando-se enquanto uma das compositoras fundamentais da segunda metade da década que se apresta para terminar.

Seis meses depois da edição de Anak Ko, Melina Duterte abre o seu ano de 2020 com um par novo de canções, “A Thousand Words” e “Can’t Sleep”. Não vá alguém esquecer que a deve manter sempre por perto no que toca a músicas agridoces com vibe de bedroom tapes mas com um tamanho do tamanho das dores de crescimento.

Sobre “A Thousand Words”, Som conta que:

‘A Thousand Words’ was made after a year of extensive touring plus a cancelled tour. I forced myself to make a sort of big and jovial song to bring me out of the funk I was in – I also wanted to remind myself that music can be fun!. Heavily inspired by Bruce Springsteen, Elliott Smith, Pavement and that song ‘Alright’ by Supergrass.”

“A Thousand Words” e “Can’t Sleep” dão continuidade ao som característico de Jay e podem ser ouvidas as duas aqui em baixo.